Versão mais poderosa do Xiaomi Redmi 2 é certificado na China com memória adicional


 Embora os smartphones de elite da Xiaomi também ocupem seus lugares no mercado, o fato de que a companhia investe fortemente em dispositivos baratos é de conhecimento público. Utilizando a política de "preço baixo não implica qualidade inferior", a marca conquistou quem busca por um alto custo-benefício, sendo que a categoria pode ganhar mais uma opção nos próximos meses. Supostamente em fase de desenvolvimento, uma variante mais poderosa do Redmi 2 ganhou certificação em território chinês.

 De acordo com um perfil no microblog mais famoso na Ásia, Weibo, Redmi 2 "parrudo" foi documentado no TENAA, órgão que exerce funções similares às da ANATEL, com especificações adicionais para competir no segmento intermediário neste ano. Infelizmente, o link direto para a regulamentação não foi anexado, mas é possível visualizar a alegada imagem do celular na parte esquerda da imagem presente na publicação. Ao que tudo indica, o design permanecerá com exatamente os mesmos contornos:

 Suposta versão mais poderosa do Redmi 2 com 2 GB de RAM e 16 GB de memória para o armazenamento interno, contra 1 e 8 GB do modelo padrão, respectivamente.
 Com uma estrutura retangular e cantos chanfrados, Redmi 2 "Plus" mantém o visual sóbrio da família da Xiaomi e traz uma quantidade superior tanto em memória de acesso randômico (RAM) quanto para o armazenamento interno. Em teoria, o modelo oferecerá uma experiência fluida e agradável aos consumidores adeptos ao Android. De resto, todos os componentes encontrados na versão padrão permanecerão na lista de configurações técnicas. Veja o resultado das modificações na variante:
  • Tela de 4,7 polegadas com resolução HD (1280 x 720 pixels)
  • 2 GB de RAM (contra 1 GB do Redmi 2 comum)
  • Chipset Qualcomm Snapdragon 410 64-bit com CPU de quatro núcleos rodando a 1.2 GHz cada
  • Adreno 306 para os gráficos
  • 16 GB de memória para o armazenamento interno (contra 8 GB do Redmi 2 comum)
  • Slot para cartão microSD
  • Câmera principal e frontal de 8 e 2 megapixels, respectivamente
  • Bateria de 2200 mAh
  • Android 4.4.4 KitKat com interface MIUI v6
 De fato, Redmi 2 por si só já é um aparelho interessante, atingindo 17 milhões de encomendas em solo chinês em seus primeiros dias de venda. Em varejistas do país, o dispositivo está sendo comercializado por 699 CNY, ou 290 reais se desconsiderarmos os impostos brasileiros. Caso a edição mais poderosa do gadget realmente dê as caras em breve, só saberemos quando a Xiaomi decidir que é a hora certa para introduzi-lo oficialmente ao mercado. Até lá, os vazamentos são a única fonte de informação.

Fonte: Tudocelular

Esse perfil e de propriedade de glaucio (glau), mais e ultilizado pela equipe que trabalha no site. Twitter: @tecworldk. Whats: (+55) 11-958602911 (Duvidas).

Compartilhe e Divulgue o Site! :)

Inscreva-se e Receba todas as Notícias no seu Email.

Postagens Relacionadas

Comente, Pergunte, Avalie. Estamos pronto pra Responder sua Duvida.