VP da Motorola explica os motivos pela demora da atualização do Moto X 2013 ao Lollipop


 Foi apenas em junho que a Motorola liberou oficialmente o Android Lollipop ao Moto X 2013. Isso foi bastante decepcionante para seus usuários, ainda mais ao considerar que o Moto G 2013 já o havia recebido há um belo tempo. A demora foi curiosa, visto que após ser lançado, as atualizações chegavam a ele muito rapidamente, algumas vezes até antes dos aparelhos da linha Nexus da Google. Então, o que aconteceu? Jim Wicks, vice-presidente de um dos setores de experiência de uso da Motorola explicou recentemente em uma entrevista.
 Conforme já sugerido meses atrás, a culpa pela demora da atualização realmente teria sido de um ou mais fabricantes de componentes presentes no Moto X. Geralmente, quando uma nova versão do Android é lançado, são os fabricantes dos componentes os responsáveis por lidar com a compatibilidade de seus produtos. Porém, nesse caso um deles não foi tão cooperativo.
 A versão customizada do Snapdragon S4 Pro usada no Moto X que possibilitava a função de estar sempre alerta foi problemática com o Lollipop, e toda a responsabilidade pela compatibilidade foi transferida para a Motorola. Visto que obviamente ela teria uma dificuldade maior em realizar a atualização já que não é a criadora do chipset, o processo foi longo. Os diversos bugs apresentados nas primeiras versões do Android Lollipop, como este, também não ajudaram. Assim, foi decidido atualizar o Moto X diretamente ao Android 5.1, pulando as versões anteriores.

Chipset Snapdragon S4 Pro customizado para possibilitar funções até então exclusivas no Moto X 2013 e o descaso da Qualcomm em garantir a compatibilidade de seu produto com versões futuras do sistema operacional teriam sido o vilão por trás da demora da chegada do Android Lollipop ao Moto X.
 Por outro lado, foi este mesmo chipset, além de outros fatores, que fez o Moto X, apesar de ter decepcionado alguns por não ser a maior revolução do mundo da telefonia como os rumores da época sugeriam, ser muito elogiado pela mídia especializada e conquistar seus usuários pelas facilidades que trouxe. As atualizações que chegavam prontamente certamente também eram um grande plus.
 Diversas pessoas e publicações foram rápidas em apontar ao dedo ao fato de que toda essa dor de cabeça coincidiu com a aquisição da Motorola pela chinesa Lenovo. Antes, estava sob o comando da Google. Foi neste período que a Motorola deixou de ser apenas mais uma fabricante ordinária de smartphones, como era comum com as marcas de celulares famosas no passado, e voltou a criar novos padrões de qualidade no mercado.
 Wicks fez questão de negar essas especulações sobre uma possível culpa por parte da aquisição pela Lenovo, reafirmando que a empresa está mais do que nunca comprometida em entregar atualizações rápidas. Ficaremos na torcida, visto que seus aparelhos oferecem uma ótima relação de custo-benefício.

Fonte: Tudocelular

Esse perfil e de propriedade de glaucio (glau), mais e ultilizado pela equipe que trabalha no site. Twitter: @tecworldk. Whats: (+55) 11-958602911 (Duvidas).

Compartilhe e Divulgue o Site! :)

Inscreva-se e Receba todas as Notícias no seu Email.

Postagens Relacionadas

Comente, Pergunte, Avalie. Estamos pronto pra Responder sua Duvida.