Xiaomi poderá trazer o primeiro smartphone com MediaTek Helio X20 em outubro


 Qualcomm Snapdragon 820 e MediaTek Helio X20 são os chipsets mais aguardados pelos usuários para os próximos meses. O primeiro virá com missão de apagar a má fama que a linha Snapdragon vem recebendo devido aos problemas de aquecimento e alto consumo de bateria, especialmente envolvendo o modelo Snapdragon 810. O segundo vem para estrear um novo marco no mercado de dispositivos móveis ao entregar nada menos do que 10 núcleos de processamento.
 Como já comentado anteriormente, HTC vem trabalhando em um novo flagship que trará não apenas um acabamento primoroso, algo que a empresa sempre investiu, mas visa ter um seu diferencial no mercado ao entregar um desempenho espetacular. Recentemente vimos um teste de benchmark mostrando o aparelho com chipset MediaTek Helio X20 atropelando o Exynos 7420 usado em todos os recentes flagships da Samsung e dito como um dos melhores, ou senão, o melhor SoC para smartphones da atualidade.
 Agora uma fonte chinesa alega que várias fabricantes na China já estão com projetos em andamento envolvendo o chipset MediaTek Helio X20. A primeira delas seria a Meizu que já conta com um aparelho em testes neste momento. Xiaomi é outra que também já está investindo na novidade da MediaTek. A fonte alega que no próximo mês veremos a novidade chegar no mercado antes mesmo do HTC One A9 ser lançado. Assim, Xiaomi seria a primeira fabricante a ter um smartphone com processamento de 10 núcleos? Pelo que tudo indica, sim.
 Helio X20 é formado por um cluster com dois núcleos Cortex-A72 trabalhando na velocidade máxima de 2,5 GHz, garantindo um grande desempenho para o smartphone ou tablet. Para equilibrar a balança do desempenho/consumo, nós temos um segundo processador contando com quatro núcleos Cortex-A53 rodando a 2 GHz. Estes deverão ser os responsáveis pela maior parte das solicitações enviadas à CPU. Por fim, para realizar tarefas mais básicas, temos um terceiro bloco com mais quatro núcleos Cortex-A53, mas desta vez trabalhando a 1,4 GHz, trazendo uma grande redução no consumo.
 A solução é fabricada a 20 nm, um processo já “ultrapassado” já que o Exynos 7420 e Apple A9 são fabricados a 14 nm. Mas de acordo com a MediaTek, essa combinação de três blocos de processamento irá permitir um menor consumo devido ao modo como cada um deles será usado para a tarefa certa. Tanto o chipset da Samsung quanto da Apple contam com dois blocos de processamento, sendo um mais rápido para tarefas exigentes e outro mais lento para tarefas mais leves. Será que a solução da MediaTek realmente é mais eficiente?
 Essa pergunta só poderá ser respondida com este suposto smartphone da Xiaomi for lançado em outubro. Vamos torcer para que as novidades que chegarem com este SoC tragam um custo mais baixo do que Samsung e Apple vêm cobrando em seus lançamentos. Afinal, ter a possibilidade de ter algo potente sem pagar uma fortuna por isso será um grande diferencial para os consumidores que estão em busca do melhor custo-benefício do mercado.
Fonte: Tudocelular

Esse perfil e de propriedade de glaucio (glau), mais e ultilizado pela equipe que trabalha no site. Twitter: @tecworldk. Whats: (+55) 11-958602911 (Duvidas).

Compartilhe e Divulgue o Site! :)

Inscreva-se e Receba todas as Notícias no seu Email.

Postagens Relacionadas

Comente, Pergunte, Avalie. Estamos pronto pra Responder sua Duvida.