Confira cinco lançamentos cogitados com chipset Helio X20


 A guerra por hardware cada vez mais poderoso não terá fim tão cedo no segmento de dispositivos móveis. Samsung vem investindo no seu Exynos 7420, Qualcomm no Snapdragon 820 para 2016 e Apple com seu poderoso chipset dual-core Apple A9. No entanto, quando se trata de força bruta, pelo menos no papel, não podemos esquecer do promissor Helio X20 – sendo este o primeiro chipset deca-core do mercado com seus dez núcleos de processamento.
 Helio X20 é formado por um cluster com dois núcleos Cortex-A72 trabalhando na velocidade máxima de 2.5GHz, garantindo um grande desempenho para o smartphone ou tablet. Para equilibrar a balança do desempenho/consumo, nós temos um segundo processador contando com quatro núcleos Cortex-A53 rodando a 2GHz. Estes deverão ser os responsáveis pela maior parte das solicitações enviadas à CPU. Por fim, para realizar tarefas mais básicas, temos um terceiro bloco com mais quatro núcleos Cortex-A53, mas desta vez trabalhando a 1.4GHz, trazendo uma grande redução no consumo.
 Infelizmente, a solução da MediaTek ainda conta com memória RAM LPDDR3, solução mais lenta do que a LPDDR4 usada pela Qualcomm no Snapdragon 810 e pela Samsung no Exynos 7420. No entanto, com velocidade de 933MHz, a memória do Helio X20 será capaz de suportar a quantidade de informações a serem enviadas para uma tela FHD ou mesmo QHD. Para complementar este conjunto, nós temos a GPU Mali-T880 com quatro núcleos liberados, sendo a solução gráfica mais potente da ARM neste momento. Por fim, temos o coprocessador Cortex-M4 para processar áudio e texto sem precisar despertar a CPU principal, ajudando os 10 núcleos a ficarem em standby por mais tempo.
Mas quais lançamentos virão com este poderoso chipset este ano?

Meizu MX6

 Recentemente, vimos um rumor de que a Meizu está com grandes planos de trazer um novo flagship este ano com o Helio X20. Também se acredita que isso poderá acontecer apenas com a chegada do MX6 em 2016, já que o Meizu MX5 foi lançado em julho com o chipset MediaTek Helio X10. De qualquer forma, é esperado que o mesmo traga especificações bem similares ao que encontramos com o Pro 5, o mais recente flagship da companhia com o poderoso chipset Exynos 7420. A fabricante chinesa já deixou claro que pretende apostar em todas as soluções potentes do mercado, não ficando presa ao que a Qualcomm tem a oferecer.

HTC One A9

 HTC é outra que parece estar disposta a apostar em vários chipsets do mercado. Vimos vários rumores sobre o One A9 que pretendia ser o smartphone mais potente a ser lançado pela taiwanesa. O modelo até surgiu em benchmark mostrando um desempenho superior ao de outros com Exynos 7420. Infelizmente não temos muitos detalhes sobre as especificações do mesmo, mas podemos esperar uma câmera com 20 ou mais megapixels, grande quantidade de memória, e o mesmo design elogiado de sempre. Também já vimos rumores de que uma variante deste modelo poderá vir com Snapdragon 617. Realmente fica complicado saber qual rumor é real, mas vamos torcer que uma versão com Helio X20 seja lançada.

Oukitel U6

 Não lembra deste smartphone? Esse será produzido pela Oukitel, mais uma empresa chinesa que briga por seu espaço no mercado de smartphones. O modelo é cogitado a vir com duas telas, uma em cada lado do celular, algo similar ao que encontramos no YotaPhone 2. De acordo com os recentes rumores, este modelo virá com tela de 5 polegadas colorida e outra e-ink de 4,7 polegadas. Infelizmente, não há grandes informações sobre as demais especificações, mas podemos esperar 3 GB de RAM e grande bateria por um valor abaixo de US$ 200, como aconteceu em outros lançamentos da fabricante. O modelo ainda segue sem uma data de lançamento, mas poderá chegar ainda em 2015.

Elephone 9000

 A Elephone é famosa por sempre tentar ser a primeira a trazer alguma tecnologia nova para o mercado. Assim, a mesma tem grande chance de ser uma das primeiras a lançar um smartphone com o chipset Helio X20. O modelo apareceu em pré-venda em um site chinês apontando para uma tela de 5,5 polegadas com resolução Full HD, 4 GB de RAM e 32 GB de memória interna. O dispositivo ainda poderá trazer câmera de 16 e 13 megapixel e uma bateria de 3.100 mAh. E como não poderia faltar, o futuro lançamento tem suporte a dual-SIM, como em todos os dispositivos da companhia.

Xiaomi Mi Note 2

 Talvez o mais aguardado de todos seja o Mi Note 2 da fabricante chinesa Xiaomi. O modelo conta com data de lançamento estipulada para o dia 5 de novembro. É cogitado que o mesmo virá com tela de 5,7 polegadas, portando resolução Quad HD (2560 x 1440 pixels), 4 GB de RAM, chipset MediaTek Helio X20, modelos de 32 GB e 64 GB de memória para o armazenamento interno, câmera principal de 23 megapixels e frontal de 12 megapixels, bateria de 3.500 mAh e o Android 5.1 Lollipop como sistema operacional, modificado pela interface feita pela empresa asiática, MIUI 7. Também é cogitado que o mesmo poderá vir com Snapdragon 820 – mas como o chipset da Qualcomm ainda não está pronto, podemos esperar ver a solução da MediaTek.
 Você acha que ter um smartphone com processador de dez núcleos vai trazer um diferencial no dia a dia? As fabricantes parecem acreditar que sim. Claro, tudo aqui não passa de rumores, mas podemos ver vários modelos serem lançados com o MediaTek Helio X20 ainda este ano.
Fonte: Tudocelular

Esse perfil e de propriedade de glaucio (glau), mais e ultilizado pela equipe que trabalha no site. Twitter: @tecworldk. Whats: (+55) 11-958602911 (Duvidas).

Compartilhe e Divulgue o Site! :)

Inscreva-se e Receba todas as Notícias no seu Email.

Postagens Relacionadas

Comente, Pergunte, Avalie. Estamos pronto pra Responder sua Duvida.