Ubisoft fará esforços para resistir ao aumento de preço e terá promoções

 A Severa crise econômica que aflige o Brasil traz uma série de entraves para o desenvolvimento econômico do país e o avanço de nossa indústria. Mesmo diante dessa situação adversa, nem as empresas e nem os consumidores podem desanimar. A Ubisoft se enquadra exatamente nessa opção e, face ao complicado cenário, bola estratégias para driblar a crise e trazer games com opções viáveis aos jogadores.
 Em um bate-papo com o TecMundo Games, Bertrand Chaverot, diretor de operações da publisher para a América Latina, falou sobre as táticas da empresa com relação ao reajuste de preços, o sucesso das franquias da Ubi no país e voltou a endossar a força da comunidade brasileira, que é uma das maiores do mundo. O executivo também enalteceu o forte line-up da desenvolvedora para as próximas safras e disse que a expansão a outras mídias (como HQs, livros, bonecos e afins) só tende a crescer.
Temos de ser cautelosos com os preços
 Com relação ao aumento de preços que pouco a pouco se torna mais comum no comércio em função da alta do dólar, Bertrand foi enfático e disse que é preciso ter cautela para agir pensando sempre no fã. “Em 2015, temos de ser supercautelosos com preços, então estamos dando muita atenção e carinho a todo nosso catálogo de produtos, com Far Cry 3, Far Cry 4, Assassin’s Creed Unity, Just Dance”, afirmou.
 Os títulos citados pelo chefão frequentemente aparecem em promoções nas revendas oficiais, sendo possível encontrar Far Cry 4 na nova geração por apenas R$ 99, por exemplo. O mesmo serve para Assassin’s Creed Unity. Essas ações são geradas pela própria Ubisoft, que busca tornar seus produtos acessíveis ao maior número possível de jogadores, e não necessariamente pelas lojas. Cabe lembrar que o Brasil está no “top 3” da gigante.

Ok, mas... E os preços de lançamentos?

 É aí que mora o desafio. Conforme já alguns jogos começam a chegar por astronômicos R$ 300, ainda que de mansinho. Need for Speed e Star Wars: Battlefront, ambos da EA, podem ser vistos por esse preço em algumas lojas.
 O medo é que isso se torne um novo padrão – algo que deve ser evitado principalmente por parte do consumidor ao não comprar esses produtos. Ciente do cenário adverso, a Ubisoft planeja fazer promoções em pré-vendas de jogos nos serviços digitais vendendo-os a R$ 199 antes do lançamento e R$ 249 após a chegada dos títulos.
 “Tentamos manter preços razoáveis, e com o aumento do dólar os lançamentos vão chegar a R$ 250 e até R$ 300 de algumas publishers. Nós vamos tentar permanecer abaixo dos R$ 249 e fazer pré-venda digital a R$ 199. Então, se você quiser fazer um bom negócio, a pré-venda é a melhor opção. E temos muitos jogos chegando, o catálogo é grande. Vamos continuar trabalhando na transição de PS3 para PS4, Xbox 360 para Xbox One. Mas a crise vai passar”, disse Bertrand, em tom otimista, ao TecMundo Games.
Queremos ser uma empresa de entretenimento em geral, não só de jogos
 Por fim, o diretor falou sobre a expansão das franquias da Ubisoft a outras mídias, como HQs, livros e até mesmo perfume – a recente fragrância de Assassin’s Creed está fazendo mais sucesso do que o esperado. No Brasil, os livros da série dos assassinos, só para lembrar, são os mais vendidos no mundo.
 “Estamos sempre pensando em expandir a linha de produtos. Queremos ser uma marca de entretenimento, não só de jogos. Por que não um boné de Assassin’s Creed? Jaquetas, camisetas e outros acessórios? Estamos pensando em investir muito nisso”, pontuou.
Fonte: Tecmundo

Esse perfil e de propriedade de glaucio (glau), mais e ultilizado pela equipe que trabalha no site. Twitter: @tecworldk. Whats: (+55) 11-958602911 (Duvidas).

Compartilhe e Divulgue o Site! :)

Inscreva-se e Receba todas as Notícias no seu Email.

Postagens Relacionadas

Comente, Pergunte, Avalie. Estamos pronto pra Responder sua Duvida.