'Chrome OS veio para ficar', diz Google sobre rumores de fusão

 Na semana passada, um rumor ganhou forças na indústria da tecnologia: o sistema operacional Chrome OS seria combinado com o Android em uma única plataforma — e o motivo seria a dominância do serviço mobile e a falta de necessidade do produto para desktops e laptops. Acontece que, segundo a própria Google, isso não vai acontecer.
 "Houve certa confusão sobre o futuro do Chrome OS e dos Chromebooks", diz a empresa em um comunicado no blog do Google Chrome entitulado "Chrome OS veio para ficar". Segundo o vice-presidente de Android, Chrome OS e Chromecast, Hiroshi Lockheimer, o trabalho envolve trazer sempre o melhor dos dois sistemas e não há planos de descontiuar o produto para PCs.
 De acordo com a empresa, 30 mil Chromebooks já são usados em escolas dos EUA, enquanto várias empresas escolheram essas máquinas para programar ou gerenciar sistemas. A Google ainda cita bons números de vendas e a tentativa de introduzir modelos mais acessíveis (seja com outros aparelhos ou com o ASUS Chromebit, que começa a ser vendido em breve) como argumentos para não deixar o sistema operacional de lado.
IMAGEN(S)

Esse perfil e de propriedade de glaucio (glau), mais e ultilizado pela equipe que trabalha no site. Twitter: @tecworldk. Whats: (+55) 11-958602911 (Duvidas).

Compartilhe e Divulgue o Site! :)

Inscreva-se e Receba todas as Notícias no seu Email.

Postagens Relacionadas

Comente, Pergunte, Avalie. Estamos pronto pra Responder sua Duvida.