Xiaomi, Lenovo e HTC podem desistir do Helio X20 por causa de alto aquecimento


 Ano passado vimos o Snapdragon 810 passar por várias acusações de sobreaquecimento, o que resultou em algumas fabricantes desistirem do produto mais avançado da Qualcomm em troca do Snapdragon 808. Em 2016, podemos estar diante de uma história similar, mas a Qualcomm não é a vítima desta vez, mas sim a MediaTek. A empresa revelou o Helio X20 em maio de 2015, sendo este o primeiro chipset com dez núcleos de processamento, mas diante de tantos atrasos começamos a nos perguntar se há algo errado com o produto.
 De acordo com um novo relatório, o motivo do Helio X20 ainda não ter sido adotado por nenhuma fabricante estaria no fato que o SoC acaba esquentando mais do que deveria. No entanto, a fonte alega que não chega a ser algo tão crítico como no Snapdragon 810 em alguns modelos lançados no começo do ano passado. Além disso, foi relatado que MediaTek está resolvendo outro problema envolvendo seu poderoso chipset: falha de conexão com redes Wi-Fi, mas este pode ser resolvido com uma atualização de firmware.
 Helio X20 traz dois núcleos Cortex-A72 trabalhando na velocidade máxima de 2,5 GHz, garantindo um grande desempenho para o smartphone ou tablet. Para equilibrar a balança do desempenho/consumo, nós temos um segundo processador contando com quatro núcleos Cortex-A53 rodando a 2 GHz. Estes deverão ser os responsáveis pela maior parte das solicitações enviadas à CPU. Por fim, para realizar tarefas mais básicas, temos um terceiro bloco com mais quatro núcleos Cortex-A53, mas desta vez trabalhando a 1,4 GHz, trazendo uma grande redução no consumo. No entanto, ele ainda é fabricado a 20nm, como vemos no Snapdragon 810, enquanto o Exynos 7420 e mais atuais chegam com litografia a 14nm.
 Além da configuração de CPU citada, o Helio X20 conta com GPU Mali-T880 com quatro núcleos liberados (mesma implementação usada no Kirin 950), sendo a solução gráfica mais atual da ARM neste momento. Por fim, temos o coprocessador Cortex-M4 para processar áudio e texto sem precisar despertar a CPU principal, ajudando os 10 núcleos a ficarem em standby por mais tempo.
 Era dito que o Helio X20 seria adotado pela Xiaomi, Lenovo e HTC em lançamentos no começo deste ano, mas parece que estas empresas preferem esperar por uma versão revisada do Helio X20 ou até que MediaTek tome alguma providência se tal problema realmente for constatado.Você teria interesse em ter um smartphone com o chipset deca-core da MediaTek?

Esse perfil e de propriedade de glaucio (glau), mais e ultilizado pela equipe que trabalha no site. Twitter: @tecworldk. Whats: (+55) 11-958602911 (Duvidas).

Compartilhe e Divulgue o Site! :)

Inscreva-se e Receba todas as Notícias no seu Email.

Postagens Relacionadas

Comente, Pergunte, Avalie. Estamos pronto pra Responder sua Duvida.