Xiaomi Mi 5 tem primeiro teste de câmera feito pelo presidente da marca


 Quem está ansioso pelo interessante Xiaomi Mi 5 pode tirar as dúvidas sobre a câmera do futuro flagship feito pela companhia chinesa, e tudo graças ao próprio cofundador e atual CEO da mesma, Lin Bin. Usando sua conta oficial no Weibo, uma das redes sociais mais populares na Ásia, o executivo da empresa oriental publicou uma dupla de imagens que teriam sido registradas por meio do sensor fotográfico, alegadamente, embutido no próximo smartphone de elite feito pela marca asiática. Infelizmente para os curiosos de plantão, a resolução dos registros foi parcialmente cortada pelo microblog que funciona no outro lado do mundo, mas ainda assim é possível obter algumas características ao analisar de perto os resultados. Acompanhe abaixo o par de fotos:
 Como dito anteriormente, a qualidade das imagens em si está reduzida, justamente por conta dos servidores asiáticos, porém nota-se que o Xiaomi Mi 5 deve possuir uma capacidade interessante de registrar objetos em movimento, ou, neste caso, seres vivos. Uma ave, que, por coincidência, estava passando por ali na hora que o cofundador da gigante da China capturou a foto, aparece nitidamente sobre a areia, não ficando sequer um pouco borrada. Desta forma, acredita-se que o sensor fotográfico do futuro flagship esteja preparado para cenários esportivos ou qualquer ambiente que tenha algo se deslocando. O que ajudaria isto acontecer seria a presença de dois módulos distintos como sensores principais, o que ainda não foi confirmado pela empresa asiática.
 O que já está confirmado, de fato, seja pelo cofundador e atual presidente da Xiaomi ou por outros executivos ligados à fabricante, é a presença do chipset Qualcomm Snapdragon 820, o componente que deve ser o padrão nos flagships lançados neste ano de 2016, conectividade NFC (Near Field Communication), permitindo que compras sejam pagas usando o próprio dispositivo portátil, por exemplo, e o suporte ao uso simultâneo de dois chips de operadoras (dual-SIM), pelo menos em alguma das versões existentes do smartphone. Em relação ao design, espera-se uma carcaça feita inteiramente em metal, vidro 2.5D para proteger seu display, oferecendo um aspecto curvo em suas extremidades, e uma superfície super sensível na parte frontal da estrutura, servindo como um leitor de impressões digitais..
 Caso tudo ocorra como o esperado, Xiaomi Mi 5 contará com uma lista admirável de especificações técnicas, incluindo a tela de 5,2 polegadas com resolução Full HD (1920 x 1080 pixels) ou Quad HD (2560 x 1440 pixels), 3 GB ou 4 GB de RAM, chipset Qualcomm Snapdragon 820, trazendo processador com quatro núcleos feitos em arquitetura própria da fabricante estadunidense, além da Adreno 530 como placa gráfica, modelos de 16 GB ou 32 GB de memória para o armazenamento interno, câmera principal de 16 megapixels, câmera frontal de 8 megapixels, suporte ao conector universal USB Type-C e o Android 6.0 Marshmallow como sistema operacional, modificado pela interface própria da gigante da Ásia, MIUI, provavelmente com atualização garantida para o 6.0 Marshmallow.
 Já a sua apresentação formal está confirmada para o dia 24 de fevereiro, quando a Xiaomi irá reunir sua melhor equipe de palestrantes para subir ao palco e estrear publicamente o mais novo flagship da marca. A cerimônia pega embalo na MWC (Mobile World Congress) 2016, uma das maiores festividades sobre o mercado de telefonia móvel no mundo, cuja realização está marcada para a penúltima semana deste mês, assim como a oficialização do Xiaomi Mi 5, portanto este mês reserva grandes novidades para quem é realmente fã de celulares, não deixe de acompanhar as notícias mais quentes em nosso feed.

Esse perfil e de propriedade de glaucio (glau), mais e ultilizado pela equipe que trabalha no site. Twitter: @tecworldk. Whats: (+55) 11-958602911 (Duvidas).

Compartilhe e Divulgue o Site! :)

Inscreva-se e Receba todas as Notícias no seu Email.

Postagens Relacionadas

Comente, Pergunte, Avalie. Estamos pronto pra Responder sua Duvida.